• Adiado Julgamento de Carli Filho!

    by  • 14 de January de 2016 • AGENDA, NA MÍDIA • 0 Comments

    É com pesar que informamos que, o julgamento de Carli Filho foi adiado. Nos faltam palavras diante de tamanha indignação. Dessa forma, transcreveremos abaixo o desabafo dos pais de Gilmar Rafael, uma das vítimas fatais do crime de trânsito ocorrido em 2009.

    Gilmar Yared:

    “Ministro Levandowski concede liminar e suspende julgamento de Carli Filho marcado para os dias 21 e 22 deste mês.
    Parabéns: Beto Richa e Renê Dotti, vocês conseguiram mais uma vez ganhar tempo.
    Roberto Requião, o senhor tem as imagens da tragédia sem adulteração, por favor mostre-as.
    Por que o receio do julgamento? 
    Vocês desconhecem a força da indignação, não iremos desistir.”

    Christiane Yared:

    Meu Deus!!!
    Após ler a decisão do STF de adiar o Julgamento do caso Carli Filho há menos de uma semana do Júri Popular, um sentimento de revolta e uma mistura de dor insuportável, com indignação e senso de injustiça me acende como fogo.
    Quando é que o meu filho vai descansar em paz?
    Até quando o poder econômico e troca de favores políticos irão influenciar a Justiça Brasileira, ou a falta de Justiça? 
    Como esses quase sete anos enfrentando ameaças, pressão, esperando pelo desfecho do caso tem sido difíceis. Não há um dia sequer que eu não sofra pela ausência do meu filho. 
    A sociedade brasileira não suporta mais trocar filhos por cestas básicas. 
    Não peço muito.
    Só o que me é de direito.
    Justiça!

    Relembre o caso:

    Gilmar Rafael Yared, 26 anos e Carlos Murilo de Almeida, 20 anos 
    Data do crime: 07/05/2009

    Era madrugada do dia 07 de maio de 2009. Gilmar Rafael Yared, 26, e Carlos Murilo de Almeida, 20, voltavam de um shopping e seguiam em um Honda Fit branco. No outro veiculo, Fernando Ribas Carli Filho, 26, na época deputado estadual, havia saído de um restaurante e estava alcoolizado. Carli Filho estava no Passat SW preto e dirigia com a carteira de habilitação suspensa. Com 24 multas por excesso de velocidade, 5 delas na rua do crime que tem velocidade máxima permitida de 60 km por hora.

    O Honda Fit branco freou e entrou devagar na rua quando o Passat preto do deputado que, devido à velocidade e o desnível da rua, decolou. Voando, colidiu com o primeiro carro e veio a capotar. Ao passar sobre o carro branco, decapitou Carlos e Gilmar.

    Para um melhor entendimento do crime, a família de Yared contratou uma perícia particular. Neste vídeo é explicado o que aconteceu naquela noite: http://www.youtube.com/watch?v=wEeJGraP2Ns

    Em 2011, foi decidido que Carli Filho iria a júri popular, em 2013 foi adiado. Marcado para janeiro de 2016, foi novamente adiado.

     

    About

    Pedagoga Especializada em Surdez e Psicoeducadora especializada em Teoria, Pesquisa e Intervenção em Luto.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published.